Submarine

sábado, fevereiro 14, 2015

"You are the only person that I would allow to be shrunken down to a microscopic size and swim inside me in a tiny submersible machine."

Decidi vir falar para vocês de um filme que assisti essa semana, quero muito falar sobre ele ao mesmo tempo que sei que pode soar confuso mas não é bem sobre ele que quero falar. Submarine não me impressionou em particular, não me apaixonei pelo filme, na verdade ele até me deu uma leve depressão, mas me apaixonei por duas coisas e a primeira delas é a Jordana.
Jordana não é a personagem principal, esse é o Oliver Tate, Oliver é um garoto de 15 anos, ainda um pouco confuso sobre quem realmente é, ele e preocupa com coisas como se seus pais estão passando por uma crise, monitora a frequência que fazem sexo pela iluminação do quarto e odeia seus novos vizinhos da frente. Oliver começa a se interessar por Jordana, namorar poderia aumentar sua popularidade e Jordana é moderadamente impopular o que para Oliver faz o romance ainda mais possível, ela foi traída pelo antigo namorado, aprecia bullying e a principio parece um pouco má. Não é exatamente o tipo de personagem que se gosta de cara. Mas não para por ai, Jordana não gosta de lugares românticos, usa sempre vermelho, adora colocar fogo em coisas e inacreditavelmente se mostra uma boa namorada e uma pessoa sensível como qualquer outra, acho que todas essas particularidades da personagem que tornam ela o melhor da obra.
O filme foi inspirado em um livro de mesmo nome que entrou pra minha wishlist, e a outra coisa que eu amei foi a trilha sonora, eu sou super desinformada com música então não sabia mas bastou a primeira frase para eu reconhecer a voz do Alex Turner, vocalista do Arctic Monkeys (que eu largamente aprecio), todas as músicas são uma delicia e eu não consegui mais parar de ouvir! 

You Might Also Like

5 comentários

  1. Esse filme ♥ Essa trila sonora ♥ Tudo puro amor!!

    Twee

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um filme ótimo! Vou tentar assistir ainda essa semana :)

    A Canção do Silêncio

    ResponderExcluir
  3. Só sabia da existência do filme por causa do já citado Alex Turner (que não ama?), mas não fiquei com vontade de assistir, mesmo sabendo do trabalho dele na trilha sonora. Jordana realmente não parece ser muito "gostável", haha, quem sabe se eu assistir ao filme eu mude de ideia.

    E respondendo sua pergunta sobre As Peças Infernais, você pode ler a trilogia sem ler Os Instrumentos Mortais sem problema algum! As histórias se passam no mesmo universo, mas em ambas as sagas as peculiaridades são explicadas, então você não precisa ler uma para entender a outra. É legal ler as duas por conta dos personagens: as linhagens se entrelaçam, um personagem aparece na história do outro, essas coisas. É divertido ver as duas histórias se encontrando! (:

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Kamiii! <3 Brigada pelos parabéns, hahaha! Somos pessoas que sabem comemorar aniversários em grande estilo, pode dizer 8D
    E todas amamos o traço da Arina-san, é muito delicado né? <3 E espalhafatoso ainda assim, hahaha!
    Sobre o filme, eu vi uma resenha dele uma vez em algum blog por aí e não me lembro se me interessei ou não. Uma pena que o enredo não prendeu, mas é sempre bom quando ao menos um personagem salva, né? E o pior é: esses filmes SEMPRE têm as melhores trilhas! XD Acho que nada pode ser perfeito no fim das contas, hahaha!
    Beijão :*

    ResponderExcluir
  5. Adorei a sua 'sinopse' hahaha vou assistir esse filme!

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram