Parando com o consumismo descontrolado


Não é segredo pra ninguém que o país está numa baita crise financeira, por mais que eu ainda esteja na faculdade eu sei que arrumar emprego não está nada fácil, e toda vez que eu vou pagar as contas da casa eu me deparo com um indesejável aumento. Pensando nisso eu decidi me manter longe de compras desnecessárias de roupas, que sempre pioram nas férias, e sei que esse não é um problema só meu, atire a primeira pedra quem nunca comprou uma roupa sendo que tinha outra ainda nem usada no armário! Aqui uns pequenos passos pra se manter longe das compras compulsivas:

Planeje o que você pretende comprar
As vezes não é questão de precisar, mas só de ter claro na cabeça o que você quer comprar, pense antes se você realmente vai usar, se é uma compra inteligente. Se você quer comprar uma blusinha branca vá na loja pensando nisso pra não voltar com três azuis, não ter ou não manter o foco é como o dinheiro vai embora.

Desconfie da sensação de um bom negocio
É muito fácil nos convencermos que estamos fazendo um bom negócio quando vemos peças em liquidação, elas fazem com que sentimos um senso de urgência, de comprar enquanto ainda dá tempo. Um estudo nos Estados Unidos mostrou que 2/3 dos analisados compraram por impulso ao ver uma promoção.

Cuidado com os efeitos do shopping
A verdade é que depois de fazer a primeira compra a tendência é a segunda ser feita com mais facilidade, além disso todo o ambiente das lojas e organização dos itens são milimetricamente pensados para nos influenciar.

Estabeleça metas!
Quanto você pretende diminuir seus gastos? Você pretende guardar parte dessa economia para uma poupança, viajem ou alguma compra maior?

Entenda o que te faz comprar
Algumas pessoas usam compras como válvula de escape para ansiedade, ou não planejam direito quando recebem dinheiro, ou são influenciadas pela companhia, entender o que te faz comprar pode ajudar a evitar compras desnecessárias.

Eu até que me controlei nessas férias mais do que o normal, mas ainda to looonge do que gostaria, mas já entendi que um dos meus maiores problemas é sair com a minha mãe, quando eu não venho pra casa dela mal lembro do prazer de ir as compras hahaha e vocês, o que fazem pra se controlar?

Lente Criativa: Inverno


Eis que estamos na minha pior estação, o frio acaba com minha vontade de fazer qualquer coisa e o tédio me consome pedacinho por pedacinho. As tão esperadas férias se tornam inúteis a cada dia que eu passo tendo uma overdose de computador. Minhas costas doem e minhas criatividade morreu. Sinto falta de alguém na minha cama, da respiração no meu pescoço. E aqui estamos nesse tema perturbador, só grito para que a primavera me salve logo.

5 dramas para assistir no Netflix

Eu sei que assim como eu existe mais várias pessoas que morrem de amores pelo Netflix, ou simplesmente tem preguiça demais pra procurar um torrent e optam pelo mais comodo, eu vivo procurando o que assistir por lá. Visto que eu amo o Netflix e amo listas porque não embarcar em algumas? A lista de hoje são de dramas mas não aqueles "chorei 3 litros" são dramas mais leves, alguns até com um bom toque de comédia e que eu considerei filmes muito bons!


50% (2011)
O filme conta sobre a trajetória de Adam (Gordon-Levitt ♥) que acaba de ser diagnosticado com câncer e suas chances de recuperação são 50%. O processo todo abala muito o personagem, sua relação com a namorada só piora, mas seu melhor amigo se matem sempre ao seu lado fazendo com que o filme seja inesperadamente leve e divertido.

Links Legais #3



#fracassandonaperiodicidade #fimdesemestreéfoda :x

Lente Critiva: Detalhes


Eu sei que estou postando muito pouco, e que já cabulei um ou dois meses do Lente Criativa, mas é que fim de semestre na faculdade é sempre aquela loucura. Sem contar que eu tenho que admitir que a simplicidade dos temas tem me broxado só um pouquinho, mas quem sabe em julho eu não recupero o gás? Eu decidi mostrar esse mês pequenos detalhes do meu quarto, são coisinhas que fazem eu me identificar com ele e é a primeira vez que sinto um quarto tão minha cara, por mais que ainda esteja em andamento. A ideia surgiu da minha nova plantinha que eu postei no instagram, e acabei optando por fotos pequena e quadradinhas por questões de experimentação hahaha