Favoritos da vez


Decidi fazer um post sobre os produtos que eu estou amando (que me desculpem os leitores homens!) e pra falar a verdade alguns nem são mais tão novos assim, mas se ainda estou amando é porque é bom o suficiente pra resenhar né? Esse ano minha maquiagem de todo dia mudou para uma boa cobertura nas olheiras e um bocão, ao mesmo tempo que é super rápido de fazer fica com cara de que ta arrumada, e por isso dei uma boa investida em batom (inclusive nos líquidos, mas isso fica pra outro dia).

Corretivo Liquido Tracta ★★★★☆
Minha mãe tinha lido que esse corretivo era bom, mas eu só acreditei quando testei e de fato ele é perfeito! Ele esconde super bem as olheiras e espinhas, e olha que eu tenho olheira ein! Ele é bem claro então as vezes eu passo um pouco de base por cima pra ficar mais natural. A textura dele não me agrada muito, acho meio "pastoso" na hora de aplicar, mas como cumpre bem a função e por um preço bem legal não tem importância! Eu compraria de novo! Não me lembro quanto eu paguei mas depende da perfumaria né, acho que foi em torno de R$ 25.


Batom Vegas Volt da M.A.C ★★★★★
(batom da esquerda) Genteeee esse batom é amor! Se você tem o tipo de pele que cai bem com laranjas invista! Ele é bem pigmentado e tem textura cremosa, não resseca a boca. A duração dele é bem normal e ele transfere, como um batom cremoso normal, o diferencial é a cor que é sensacional.

Batom Retro da M.A.C ★★★★☆
A unica razão desse batom tem só quatro estrelas é que ele não é assim um must have, não tem nenhum baita diferencial, mas ele é sim um batom muito bom! A textura dele é levemente cremosa, ele transfere pouco, mas dura bastante! A cor dele também é muito bonita e deve ficar bom pra maioria das pessoas! Ele virou pra mim um batom pra qualquer ocasião, por ser uma cor mais fechada não chama muita atenção se usar de dia e fica bem sofisticado numa maquiagem de noite.


Esmate Marshmallow de Alfazema da Risqué ★★★★★
Quando eu vi esse esmalte foi amor a primeira vista! A cor é só um pouquinho mais mortinha do que na foto, fica um colorido discreto. Pra aplicar ele precisa de duas mãos e passando com base e extra brilho ele durou uma semana na minha mão, e NENHUM esmalte dura uma semana na minha mão porque eu não paro de por na boca! Então ganha 5 estrelinhas pela cor e duração, alem de ser hipoalergênico o que é necessário no meu caso.

Esmalte Colorama Marrom Mutante ★★★★☆
A colorama também não me da alergia por ser 5free (não possui na formula certos componentes, como o tolueno e o formoldeido que dão alergia em muita gente). Eu gostei muuuito da cor desse marronzinho, também precisa de duas mãos e também tem uma duração legal.

Links Legais #6


1. As paletas de cores de Wes Anderson, uma baita inspiração! // 2. 10 coisas para desapegar em 2016 // 3. Personagens de "Star Wars: O despertar da força" são reimaginados no universo de Calvin e Haroldo, alerta fofura! // 4. Planner 2016 que eu escolhi para imprimir, direto do blog Não Me Mande Flores // 5. Fotografias do elenco original do Star Wars // 6. Minissérie: e não sobrou nenhum, baseado num livro muito bom da Agatha Christie.

Eu sei que eu sumi! Bem no meio de janeiro quando eu estava começando a ter uma quantidade de posts mais apropriada, mas na verdade meu queridissimo computador decidiu morrer, então estou esperando o novo chegar. Mas me aguardem que to com mil coisas planejadas pra cá, fora que tenho que continuar com os posts da viagem <3

E se eu fosse uma heroína?


Entrei recentemente em um grupo de blogueiras que acredito que vai ser meu queridinho da vez: a Liga Nerd Girls, e o tema do mês é "E se eu fosse uma heroína?" Então tentei pensar nas minhas heroínas preferidas, dos filmes, dos desenhos, dos animes, e começou a rolar uma polemica na minha mente de quem pode ser considerada uma heroína e quem é só uma personagem super poderosa. Também concluí que não tenho muitas favoritas.

Se eu tivesse que escolher um poder acho que não escolheria força física, por mais que normalmente eu escolha personagens físicos nos games (o que anda mudando com Final Fantasy type 0). Eu gostaria de ser uma tipica maga de RPG, como a Lulu (FFX)! A Lulu é uma das minhas personagens favoritas da série, ela parece toda gótica-má mas na verdade tem um coração enorme e ela possui magias elementais e de magia negra :)

Outra opção seria ter o mesmo poder da Ravena, eu nunca li os quadrinhos, mas quando era mais nova amava ela no desenho antigo dos Jovens Titãs! Tipo sério, a mulher voa, se teletransporta, é telepata, empata, e mais, enfim tudo que eu poderia querer. Fora isso eu sempre gostei da personalidade dela também, ela até tem suas semelhanças com a Lulu.

Lulu, Ravena e Mulan
Quando eu era criança minha favorita foi a Mulan, ela me ensinou logo cedo que podemos fazer o que quisermos, não importa se é visto como "coisa de homem", alem de dar uma lição em coragem e em valores, se eu fosse uma super heroína gostaria de ser como ela nesse sentido.

Também incentivada pelo clima do grupo eu até estou começando a ler quadrinhos, até porque outro tema do mês era sair da zona de conforto, quem sabe assim minha lista de heroinas favoritas aumenta! O único que eu tinha lido até agora era alguns capítulos de Sandman, que sinceramente me desanimou bastante. Comecei pela Spider Gwen, que até agora gostei, mas já comecei Suicide Squad, e estou cogitando outros! Mas acho que vou me manter em títulos mais novos por enquanto, e aceito sugestões!

Onde morar na faculdade?


Comecinho de ano, começam a sair os resultados dos vestibulares, bate aquela ansiedade, principalmente quem passou numa faculdade longe e vai morar longe dos pais pela primeira vez. É normal, principalmente se você esta querendo uma boa faculdade pública, mas acho que algumas dicas podem ser dadas pra te preparar melhor pra esse processo, principalmente no que diz respeito da maior decisão de todas: onde morar?
Em 2012 eu me mudei pra São Carlos pra estudar arquitetura na USP, a dinâmica da cidade é um pouco diferente por ter não só uma, mas duas grandes faculdades, mesmo assim nos arredores das faculdades costuma ter toda uma infraestrutura de kitnets, apartamentos, lanchonetes e restaurantes que vendem marmita, academia e afins que possibilitam uma vida de pedestre. Nesses anos eu já morei com veterana, morei em 4, morei com gente da outra facul, até um tempo sozinha quando a Ju sofreu um acidente eu passei, e vou contar um pouco pra vocês das opções:

Ir morar sozinha
Se você for morar sozinha a solução mais econômica é alugar um kitnet, que é basicamente um único comodo para sala/quarto, um banheiro e as vezes uma cozinha bem minuscula. Mesmo assim, eu vejo que aqui em São Carlos andam cobrando alugueis meio altos, fica mais caro do que dividir um apartamento mais baratinho em duas, e tem algumas desvantagens como geralmente não ter onde por maquina de lavar. Se você tem dinheiro pra investir da pra ficar em um apê mesmo, claro! Outra coisa, e ai varia de pessoa para pessoa, é que é meio solitário morar sozinha, as vezes da medo de ladrão/fantasma/insetos e afins, mas o bom é que não vai ter ninguém pra discordar de você.

Ir morar com uma amiga
Morar com uma pessoa só é sempre mais fácil, mas já vai sabendo que cada uma tem suas manias. Quando eu morei com a Yara a gente dividia só um kitnet, era ruim por ser muito pequeno mas não tinha nadinha pra reclamar sobre ela! Já agora morando com a Ju a gente não briga, mas de vez em quando tem que pedir pra lavar a louça, dar um jeito aqui e ali porque ela vai deixando pra depois, saiba que você esta indo morar com alguém que não vá surtar por isso!
Outra questão é, vocês são parecidas? Mesmo se cada uma vai ter seu quarto é bom saber o que a outra acha sobre trazer visitas ou garotos pra casa para saber se vocês tem a mesma opinião.

Ir morar em várias
Aqui também vale aquilo de vocês serem parecidas e terem a mesma opinião sobre sair, convidados e afins, se você não curte balada e suas amigas chegam berrando as 4 da manhã você pode não gostar. Em várias as chances de rolarem brigas é beeeem maior, e um dos principais fatores é sujeira, o que pode ser amenizado se vocês tiverem faxineira com frequência. Mas se estiver dando certo é uma delicia, é tipo uma família, pra bem e pra mau.

Morar com pessoa(s) da mesma sala
A vantagem é que você tem companhia para ir pra aula, eventos do seu curso e afins, o ponto perigoso é se vocês tiverem "obrigação" de fazer trabalho juntas. Eu passei por isso e faz com que stress que deveria ser da faculdade fosse pra dentro de casa, e vamos concordar que todo grupo tem stress né. É importante ver se vocês tem o mesmo grau de empenho nos trabalhos ou se vão decidir não fazer juntas.

Casa x apartamento
Isso depende muuuito de cidade pra cidade mas tenha em vista que é perigoso morar em casa, não é aconselhável se vocês forem poucas! Geralmente os assaltantes sabem que é republica e vai estar vazia no fim de semana e nas férias, ou que só tem mulher virando um alvo mais fácil. Eu nunca morei em casa mas já ouvi muita história, a as meninas que moravam comigo tiveram que mudar até, então seeeempre pesquise se é um bairro tranquilo, se é difícil de entrarem na casa, se tem cerca elétrica, cogitem alarme ou cachorros.

E o mais importante, não se deixe abater por ficar com saudades de casa, tem muita gente que tem dificuldade, mas tem tanta coisa nova pra conhecer se concentra nisso! Você vai ter que aprender a se virar sozinha mas também vai conhecer muita gente, ir em festas, em roles, vai ser tudo gostoso! Sem contar que tem muita gente na mesma posição, querendo gente pra "tapar o vázio" então rola umas amizades super profundas e logo você não vai estar sozinha :)

Filmes, a Rey, e mais algumas coisas

Andei de férias, e assim como muitas outras pessoas que andam de férias eu decidi dar umas passadas no cinema. Esse post vai ser grande mas não vai ser de resenhas propriamente ditas, são mais opiniões a respeito dos filmes, sobre eu ter gostado e tal, podem ler tranquilos que não contem spoilers :)

Eu vou me poupar de fazer uma resenha de Star Wars, que provavelmente quem quer saber já sabe e dar só minha opinião entusiasmada sobre o filme. Fui assistir depois do Natal e apesar de estar esperando só efeitos especiais tive uma surpresa muito boa, e é claro, efeitos especiais perfeitos. A surpresa muito boa foi, é claro, os personagens, é muito legal e muito respeitoso o diretor ter trazido de volta os atores da série original, o Han Solo continuou incrível, mas o melhor foi a Rey. Star Wars ganhou uma personagem principal mulher, e não qualquer mulher, uma que superou dificuldades, uma jedi, uma mecânica, uma pilota, ela consegue fazer tudo! Eu fiquei muito feliz por isso e completamente apaixonada por ela. Apesar de que vocês que já assistiram tem que concordar que a história foi meio bleh, pareceu uma grande "retrospectiva" dos outros só que com personagens diferentes.
Mas nem tudo é rosas e vemos que apesar de uma franquia como a Star Wars que era vista como "coisa de menino" (o machismo ainda é comum no mundo nerd) estar quebrando barreiras as industrias de brinquedos não estão, a Rey não esta em diversos sets de bonequinhos, o Monopoly incluiu o Darth Vader e não a Rey! Com uma desculpinha esfarrapada que era pra não dar spoilers antes do filme (sério? não me façam vomitar!).
Enfim, depois do filme minha mãe não entendeu minha animação com a Rey porque "agora todos os filmes tem heroínas" o que é uma baita visão errado porque na verdade ela só se referia a ela, a Katniss e a Tris, mas ainda assim a porcentagem de personagens principais femininas estão tão longe de serem 50%, mesmo assim, fico feliz que esse número esteja aumentando e as meninas novinhas possam ter de fato heroínas.


Sobre o The Hateful 8, ou em português Os 8 Odiados, é o oitavo filme do famoso diretor Quentin Tarantino. Para falar a verdade não assisti quase nada dele, só o famoso Pulp Fiction (que eu nem gostei muito, me julguem), um pedaço de Django que ainda esta na minha lista e a cena dele em Grande Hotel. A história conta sobre personagens um tanto suspeitos ficando presos em uma cabana durante uma nevasca: são caçadores de recompensa, uma criminosa procurada viva ou morta, um carcereiro, um xerife e por ai vai. Logo o caçador de recompensa John Ruth começa a suspeitar que alguém naquela cabana pode estar mentindo quem é e logo se desenrola uma série bastante inesperada de eventos dignos do Tarantino: com muito sangue.
Assisti na pré estreia porque o Felipe estava louco pra ver e amei o filme! As surpresas e a tensão no filme são a melhor parte, mas não é muito recomendado para quem tem o estomago fraco, como  parece ser de costume o diretor também nos deixa com diversas falas na cabeça "Move a little strange, you're gonna get a bullet. Not a warning, not a question... A bullet!"

Sobre Jogos Vorazes, na verdade eu estou bem atrasada para falar né? Eu fui na semana de estreia e acabei não postando nada mas ainda assim queria dividir meus sentimentos com vocês. Eu sou uma grande fan do livro e uma grande fan da Katniss, e fiquei extremamente feliz por eles terem sido tão fieis na adaptação! Achei que ficou surpreendente e que as cenas do esgoto ficaram muito alem das minhas expectativas, pareceu até Resident Evil! (spoiler) Só fiquei chateada em ler por ai que teve gente que achou que a personagens "perdeu a força" no final, muito pelo contrario galera, ela sobreviveu a uma guerra e foi forte o suficiente para se reerguer e optar por gerar uma família, coisa que ela nem imaginava ser possível antes! Não caguem regra que uma personagem forte não pode casar e ter filhos, querer que ela evite características ditas como "femininas" não deixa de ser uma desvalorização ao invés de empoderamento pois significa que você acredita que as caracteristicas "masculinas" são as certas. (/spoiler).

E eu sei que não tem nada haver com filme mas vocês assistem The Big Bang Theory? O episódio 9x11 foi fantástico, sou super fan de Shamy ❤ Enfim, vocês já assistiram os filmes? O que vocês acharam?
Obs: A imagem do BB8 que ilustra o post é um wallpaper de celular e pode ser encontrado nesse link.